Dia 14 deste mês a Época noticiou que os deputados da Rede e do PSD conseguiram as 172 assinaturas necessárias para protocolar uma PEC que convoca uma Assembléia Nacional Constituinte (confira neste link).

Assembléia Nacional Constituinte é uma reunião para elaborar uma nova constituição, ou seja, novas leis para o país.

A esquerda vem coletando assinaturas para Assembléia Nacional Constituinte desde 2008 através de ONG’s, sindicatos e eventos organizados por sua militâncias como CNBB, CUT, MST, MTST, OAB, MCCE, UJS, CPT, movimento LGBT,  diretórios estudantis, sindicatos, movimentos de mulheres, negros, LGBT, jovens, entre outros.

refpol

De iniciativa própria a CNBB esteve num esforço conjunto com outras instituições menores para coletar 1,5 milhão de assinaturas (confira neste link).

O site Avaaz colaborou com a OAB coletando 720 mil assinaturas desde 2013 até agora (confira neste link).

Segundo o site Vermelho.org entre 1 e 7 de setembro foi organizada a “Semana Nacional de Luta pela Reforma Política e Democrática”, e contam nesse empenho com 95 entidades, entre as quais OAB e MCCE, e mais 348 organizações e movimentos sociais (confira neste link).

Segundo o G1, a OAB organizou em 2014 um grupo de 402 entidades para a coleta de assinaturas com meta de 10 milhões de assinaturas e teve apoio do PT e PC do B, com esta finalidade (confira neste link).

O autor desta vez é o deputado Rogério Rosso do PSD (Partido Social Democrático), mas a proposta é a mesma de Dilma Rousseff.

Neste momento os mais interessados são os social democratas (socialismo fabiano), simpatizantes e envolvidos com o Diálogo Interamericano, com destaque para a Rede de Marina Silva, que é membro do Diálogo Interamericano.

Os social democratas do PSD tentam uma Assembléia Nacional Constituinte desde sempre, em seu site consta que é um dos objetivos do partido. Em 2011 quem tentou foi Katia Abreu, elogiada por toda a esquerda como “escudeira mais fiel de Dilma”, confira no vídeo abaixo.

Rosso era o favorito para presidência da Câmara em julho deste ano, conforme a reportagem do UOL (clique aqui para conferir), e é um dos aliados de Temer que lhe ofereceu um cargo em seu mandato interino.

Entre os mais interessados do PSD está Alencar Burti, ex-presidente da FIESP, sucedido por Paulo Skaf (confira neste link), é possível conferir quem são alguns dos nomes do PSD empenhados na constituinte no site do próprio partido (neste link).

O PSD partido de esquerda, deixa claro em seu site que desde o início seu objetivo era uma Assembléia Nacional Constituinte:

psd-constituinte
PSD no google

O jornalista Domingos da Paz alertou em seu canal no Youtube os perigos da nova constituinte que a esquerda quer através desta PEC 298/2016:

Segundo o texto disponível no site da Câmara (disponível neste link), a pauta principal é a “Reforma política” pela qual a esquerda luta a muito tempo, e que está enunciada no “Caderno de Teses do PT” (disponível neste link), é na verdade uma estratégia para manutenção da esquerda no poder e para bloquear outros candidatos como Bolsonaro.

Em 2014 a tentativa foi do Foro de São Paulo, em 2016 é do Diálogo Interamericano.

Esta PEC deveria se chamar “PEC do Foro de São Paulo e do Diálogo Interamericano pelo sequestro do Brasil”, ou “PEC do comunismo”.

A nova constituinte está programada para fevereiro de 2017.

Anúncios